Roteiro para Uyuni sem perrengue: é possível!

Duas coisas são muito conhecidas quando se fala em um “roteiro para Uyuni”: as belezas inesquecíveis e os perrengues.

No entanto, nesse post vamos falar sobre o roteiro que fizemos, no qual não passamos nenhuma dificuldade.

É claro que é um passeio mais caro que os tours normais, mas sabemos que tem muita gente disposta a pagar e que deixa de ir porque não sabe que é possível fazer um roteiro para Uyuni de forma tranquila e sem nenhum perrengue.

Assim, se você procura um roteiro para Uyuni sem sufoco, esse é seu post!

Roteiro para Uyuni

Onde fica Uyuni


Uyuni é uma cidade no departamento de Potosí, na Bolívia e onde fica o ponto turístico mais famoso desse roteiro: o Salar de Uyuni.

Apesar de ser a denominação do tour, é importante falar que o passeio não se resume apenas a conhecer o salar, pois há diversos outros lugares incluídos e todos eles fantásticos.

Assim, saiba que quando ouvir falar em “roteiro para uyuni”, você vai ver muito mais do que o famoso Salar de Uyuni.

Roteiro para Uyuni
No círculo em vermelho está San Pedro do Atacama, de onde saímos

Roteiro para Uyuni: quando ir


Uyuni tem atrações inesquecíveis o ano inteiro e para saber a melhor época você precisa pensar o que você quer ver lá.

Por exemplo, se você quer ver o famoso espelho d’água que se forma no salar, entre dezembro e abril é o período mais recomendado.

No entanto, se você quer ver o deserto bem branco, o inverno é o período mais indicado (entre maio e novembro).

Mas é preciso ter em mente que sempre vai ser frio. embora no verão seja um pouco menos frio, com temperaturas que variam de 5 a 20 graus Celsius. O inverno, no entanto, traz temperaturas que podem varias de -15º Celsius a 12º Celsius.

Roteiro para Uyuni

Nós fomos no inverno (final de julho) e o frio era terrível. Foi o pior frio de nossas vidas, maior que o de dezembro em Nova York, quando pegamos uma nevasca.

Mas, sinceramente, faríamos tudo de novo porque foi fantástico! Tivemos muita sorte e conseguimos ver o salar todo branco e também uma parte espelhada. Foi a combinação perfeita!

Apenas não indicamos ir no final de janeiro porque as fortes chuvas podem atrapalhar muito o seu passeio. No Atacama, por exemplo, que fica pertinho, já aconteceu de muita gente não conseguir sequer sair do hotel.

Assim, como é um passeio caro e longe, não arriscaria ir nessa época!


Roteiro para Uyuni: como chegar


Nós contratamos uma agência boliviana que enviou um carro para nos buscar no nosso hotel no Atacama.

Eles atravessaram a fronteira com a gente, nos ajudaram com toda imigração e, já no lado da Bolívia, havia outro carro, já com nosso guia e motorista oficiais, nos esperando.

A equipe foi muito séria e responsável, nos deu várias dicas, como quanto dinheiro levar, quantidade de água, entre outras.

No entanto, é possível que você comece o tour a partir da cidade de Uyuni também, caso esteja viajando pela Bolívia. Há voos até lá.

Para saber como chegamos no Atacama e como foi o roteiro por lá, veja nosso post completo, clicando aqui.

Roteiro para Uyuni

Diferenças entre os roteiros existentes para o Salar de Uyuni


Quando você começa a pesquisar sobre como visitar o Salar de Uyuni, fica um pouco confuso entender as opções de tours existentes e a diferença entre elas.

Vamos tentar explicar um pouco sobre as principais opções existentes.

TOUR REFÚGIO:

A primeira delas é o Tour “Refúgio” que é o mais barato e mais escolhido pelos viajantes.

É um tour econômico, você compartilha a viagem com várias outras pessoas (em média 6 no carro, fora o motorista) e, como você vai passar o dia todo no carro, saiba que não será muito confortável.

Muita gente já usou esse tour e não passou por nenhum perrengue, MAS já ouvimos milhares de histórias de pessoas que passaram por vários. Não significa que vá acontecer, claro, mas as chances são bem maiores.

Em alguns, não há opções de banho para o primeiro dia de viagem e ouvimos muita gente criticar a comida ou até passar mal. Então, se for esta sua opção, indicamos levar alguma comida quebra galho, por via das dúvidas.

Os quartos são alojamentos compartilhados e, quando há chuveiro, raramente a água será quente.

Para tour refúgio, há opções de tours de 3 ou 4 dias e variam de 100 a 200 dólares por pessoa (incluindo guia, comida e hospedagem nos alojamentos compartilhados).

Mas importante lembrar que mesmo no tour “refúgio” há diferenças de comida, hospedagem e qualidade do passeio, conforme a agência escolhida.

TOUR SEMI CONFORTO:

A segunda opção que, carinhosamente, denominamos Tour “semi-nutella” (ou semi conforto) foi o que escolhemos.

Ele é um tour privativo, de acordo com o tamanho do seu grupo e não fica em alojamentos compartilhados, mas sim hotéis ou hostels com quartos e banheiros privativos.

Todos os dias tivemos água quente e a comida era de excelente qualidade. Por exemplo, tivemos até vinho no jantar!

Os hotéis são ótimos, mas não tem internet e calefação. Assim, se você não tiver um chip com internet 3G que funcione na Bolívia, saiba que ficará de 3 a 4 dias sem comunicação.

A propósito, mesmo que compre um chip no Atacama, ele não irá funcionar lá.

Não foi um problema para nós, mas sabemos que é para muita gente.

Roteiro para Uyuni

TOUR CONFORTO TOTAL:

Assim, já apresentamos o terceiro Tour, chamado por nós de “Tour Nutella” (conforto total).

Aqui é também um passeio exclusivo, com a diferença de hospedagem em hotéis de melhor nível, com calefação e internet.

Tanto no tour Semi-Nutella quanto no Nutella, você é acompanhado por um guia e um motorista bolivianos, o que torna seu passeio mais seguro e proveitoso, já que cada um se preocupa com suas próprias funções.

Os preços vamos mencionar logo abaixo.


A agência que escolhemos e recomendamos


Quando decidimos ir para Uyuni, sabíamos que não queríamos passar perrengue e começamos pesquisar várias agências que faziam esse tour privativo.

Há muitas e o preço varia completamente. Inclusive, muitas agências terceirizam o serviço para agências bolivianas, assim você acaba pagando muito mais porque esse “intermediador” precisa lucrar também.

Contratar uma agência boliviana é a forma mais econômica, na nossa opinião.

Fomos com a Atacama Mistica Travel e foi simplesmente demais.

O motorista era o David e o guia o Brayan, ambos são uns amores de pessoas, muito legais e atenciosos. Faziam questão de nos explicar todos os detalhes sobre cada lugar.

O Brayan fazia nossa comida todos os dias e tudo era muito delicioso. Além disso, ele é um excelente fotógrafo e tinha dicas incríveis de poses e como aproveitar a paisagem.

Inclusive, não pense que é fácil tirar as famosas fotos em perspectiva no Salar de Uyuni, é muito díficil, você precisa deitar, rolar no chão e ter muita paciência. Ele foi demais!

Roteiro para Uyuni
Nosso guia Brayan e nosso motorista David

Sério, não ganhamos nada com essa recomendação, só o fazemos porque realmente ficamos encantados com os serviços deles, foi tudo muito sensacional e não passamos por um segundo sequer de perrengue.

A noite, como nosso hotel não tinha calefação, até bolsas de águas quentes eles providenciaram para nós, de modo a deixar nosso sono mais confortável.

O contato deles é:

ATACAMA MISTICA TRAVEL
Contactos por WhatsApp (+591) 74240704 – (+591) 73873564
Reservas: misticatravel_717@hotmail.com

Roteiro para Uyuni

Opções e preços de tours para o Salar de Uyuni


Vamos mencionar os preços da agência que escolhemos e, acreditem, pesquisamos muito sobre preços. Gostamos demais dos serviços, como já dissemos, por isso recomendamos muito se você deseja um roteiro para Uyuni tranquilo e sem perrengues.

Roteiro para Uyuni
As famosas fotos de Uyuni

PRIMEIRA OPÇÃO: 3 dias/ 2 noites saindo e voltando para San Pedro do Atacama

Esse tour de 3 dias e 2 noites é um tour express, um pouco mais rápido e vê algumas atrações a menos. Foi o que escolhemos e, apesar de ser realmente muita correria, gostamos demais e valeu muito a pena.

O tour inclui:

  • Translado desde o hotel em San Pedro do Atacama.
  • Veículo 4×4 privativo
  • Hospedagem no hotel da categoria escolhida
  • Motorista experiente e especializado na rota
  • Guia no idioma escolhido
  • Alimentação completa durante o tour
  • Coquetel no pôr do sol no Salar
  • Equipamentos de primeiros socorros
  • Translado de retorno até o hotel de San Pedro do Atacama

☛ TOUR SEMI CONFORTO (OU TOUR SEMI NUTELLA):

Lembrando que são hotéis com quartos e banheiros privativos e água quente.

  • Preço total do pacote para 2 pessoas: 1300 dólares (650 dólares para cada).
  • Preço total do pacote de 3 a 4 pessoas: 1550 dólares (516 a 387 dólares para cada).

☛ TOUR CONFORTO TOTAL (OU TOUR NUTELLA):

Lembrando que são hotéis melhores, com quartos e banheiros privativos, além de Wifi e calefação no quarto.

  • Preço total do pacote para 2 pessoas: 1450 dólares (725 dólares para cada).
  • Preço total do pacote de 3 a 4 pessoas: 1750 dólares (583 a 437 dólares para cada).

SEGUNDA OPÇÃO: 4 dias/3 noites saindo e voltando de San Pedro do Atacama

Esse tour é o mais clássico e mais buscado pelos turistas. Você tem um dia a mais que o anterior e visita mais atrações da região. Se você tiver mais tempo no seu roteiro, com certeza recomendamos esse.

O tour também inclui:

  • Translado desde o hotel em San Pedro do Atacama.
  • Veículo 4×4 privativo
  • Hospedagem no hotel da categoria escolhida
  • Motorista experiente e especializado na rota
  • Guia no idioma escolhido
  • Alimentação completa durante o tour
  • Coquetel no pôr do sol no Salar
  • Equipamentos de primeiros socorros
  • Translado de retorno até o hotel de San Pedro do Atacama

☛ TOUR SEMI CONFORTO (OU TOUR SEMI NUTELLA):

Novamente, lembrando que são hotéis com quartos e banheiros privativos e água quente.

  • Preço total do pacote para 2 pessoas: 1350 dólares (675 dólares por pessoa)
  • Preço total do pacote de 3 a 4 pessoas: 1650 dólares (550 ou 412 dólares por pessoa)

☛ TOUR CONFORTO TOTAL (OU TOUR NUTELLA):

Além do quarto e banheiro privativo, aqui também entra calefação e Wifi.

  • Preço total do pacote para 2 pessoas: 1950 dólares (975 dólares para cada)
  • Preço total do pacote de 3 a 4 pessoas: 2600 dólares (866 a 650 dólares para cada)

TERCEIRA OPÇÃO: 4 dias/3 noites saindo de Uyuni e regressando a Uyuni ou San Pedro do Atacama

☛ TOUR CONFORTO TOTAL (OU TOUR NUTELLA):

Como mencionado, além do quarto e banheiro privativo, aqui também entra calefação e Wifi.

  • Preço total do pacote para 2 pessoas: 1300 dólares (650 dólares para cada)
  • Preço total do pacote de 3 a 4 pessoas: 1700 dólares (566 a 425 dólares para cada)

☛ Para saber o preço do tour semi conforto de 4 dias/3 noites saindo de Uyuni, envie uma mensagem para eles!

ATACAMA MISTICA TRAVEL
Contactos por WhatsApp (+591) 74240704 – (+591) 73873564
Reservas: misticatravel_717@hotmail.com

QUARTA OPÇÃO: 3 dias/2 noites saindo de Uyuni e regressando a Uyuni ou San Pedro do Atacama

O tour também inclui:

  • Translado desde o hotel em Uyuni.
  • Veículo 4×4 privativo
  • Hospedagem no hotel da categoria escolhida
  • Motorista experiente e especializado na rota
  • Guia no idioma escolhido
  • Alimentação completa durante o tour
  • Coquetel no pôr do sol no Salar
  • Equipamentos de primeiros socorros
  • Translado de retorno até o hotel de Uyuni ou San Pedro do Atacama

☛ TOUR SEMI CONFORTO (OU TOUR SEMI NUTELLA):

  • Preço total do pacote para 2 pessoas: 850 dólares (425 dólares para cada)
  • Preço total do pacote de 3 a 4 pessoas: 1050 dólares (350 a 262 dólares para cada).

☛ Para saber o preço do tour conforto total de 3 dias/2 noites saindo de Uyuni, envie uma mensagem para eles!

ATACAMA MISTICA TRAVEL
Contactos por WhatsApp (+591) 74240704 – (+591) 73873564
Reservas: misticatravel_717@hotmail.com


Como foi o nosso roteiro para Uyuni sem perrengue


Primeiramente, importante falar que a ordem dos passeios pode variar de acordo com as prioridades do viajante ou estações do ano. Assim, vamos narrar como foi nosso roteiro para Uyuni, mas não significa que o seu será exatamente na mesma ordem.

DIA 1:

Saindo do Atacama. Nos buscaram 8h30 no nosso hotel no Atacama por um guia chileno, que nos levou até fronteira. Demorou aproximadamente uma hora para chegar lá. Havia uma fila imensa e demoramos mais de uma hora para atravessar.

A entrada na Bolívia foi bem por aqui.

Entrando na Bolívia. Do lado Boliviano estavam o guia e motorista bolivianos nos esperando e pegaram nossa bagagem que estava no outro carro. Eles nos ajudaram a preencher a papelada da imigração e aduana.

Quando terminamos essa parte burocrática, já era aproximadamente 11h30.

Entramos, enfim, no Parque Nacional. Aqui você precisa pagar 150 bolivianos e receberá um ticket, que será sua autorização para circular na região. Não jogue fora, você precisará dele várias vezes.

Início do passeio. A primeira parada foi na Laguna Branca, que tem água salgada e uma vista incrível.

Depois visitamos a Laguna Verde, que fica aos pés do vulcão Licancabur.

Roteiro para Uyuni

Fomos ao Deserto de Tiara e visitamos as Águas Termales de Polkes. Foi simplesmente uma das melhores águas termais que já experimentamos.

Vale muito a pena entrar aqui. Estava muito frio, é difícil tirar a roupa, mas quando você entra é uma delícia. Seu corpo fica aquecido um tempo quando você sai da água, é tranquilo vestir novamente suas roupas.

Roteiro para Uyuni
Águas termales de Polkes

Hora do almoço. Paramos para almoçar em frente as termas.

O almoço incluiu: salmão, salada com alface, palmito, quona, milho, ervilha, vagem, pão, suco e sobremesa. Estava muito delicioso!

Seguimos para os Gêiseres Sol da Manhã. São simplesmente incríveis. O cheiro de enxofre é muito forte e enjoativo, mas o lugar é de uma beleza única.

Roteiro para Uyuni

Tenha muito cuidado porque não há barragens ou pedras indicando até onde você pode ir. A altitude é 4900 metros, então concentre-se na sua respiração para não passar mal.

Chegando no hotel. Chegamos no nosso hotel às 18h. Tomamos um banho quente e jantamos às 19h30.

Jantar. O jantar estava delicioso, tivemos uma sopa típica boliviana com pães de entrada, um macarrão a bolonhesa de prato principal e maçã com calda de chocolate de sobremesa. Para acompanhar, tomamos um vinho, também incluso.

Hora de dormir. Deitamos 20h30 para dormir. Estava muito frio, aproximadamente -15ºC, mas as cobertas do quarto foram suficientes. Além disso, nosso guia providenciou bolsas térmicas para os pés, para ajudar aquecer a cama, durante a madrugada.

Confesso que usei a bolsa térmica embaixo do travesseiro, achei melhor assim.

DIA 2:

Acordamos às 6h30, tomamos café da manhã às 7h e saímos do hotel às 7h50.

Roteiro para Uyuni

No café da manhã tivemos: omelete, pão, bolo, queijo, presunto, manteiga, doce de leite, maçã, café, leite, chocolate em pó.

Primeira parada foi no camelo de pedra. Depois visitamos a Itália perdida.

Roteiro para Uyuni

Chegamos na cidade de Uyuni por volta de 11h30 e tivemos meia hora para comprar bebida ou comprar algo que estívessemos precisando.

Paramos em Colchani, lugar onde dá para comprar lembrancinhas e visitar o museu do sal, que é bem simples. Para se ter uma ideia, um gorro custava 25 bolivianos (15 reais), um caderno estilizado de 25 a 35 bolivianos (15 a 20 reais). Não compramos quase nada. Uma dica é comprar um dinossauro grande aqui para tirar as fotos no salar, se for pequeno não serve, quanto maior melhor. Há vários para vender!

Entramos no salar, com uma breve parada na Praça das Bandeiras.

Roteiro para Uyuni

Encontramos um lugar legal e vazio para ficar no Salar de Uyuni, já era por volta de 13h30. Almoçamos com essa vista incrível do deserto todo branquinho.

O salar de Uyuni fica bem aqui

O almoço estava delicioso também: arroz, salada variada, frango, suco, refrigerante a água.

Roteiro para Uyuni

Também tiramos as famosas fotos em perspectiva, mas não pense que é simples. Você precisa deitar no chão e ter um celular ruim, que não foque. Celulares modernos tendem a focar em um determinado objeto e borrar o que está em volta, dai a foto fica ruim.

Sinceramente, todas fotos com os nossos celulares (iPhone) ficaram ruins, as únicas boas foi com o celular do guia, mais antigo, mas não sei a marca. Com a GoPro também deu para tirar algumas fotos boas!

Roteiro para Uyuni

Por volta de 15h30 saímos para visitar a Isla dos Cactos. É muito legal! Os cactos são milenares, crescem de 1 a 2 cm por ano.

Se você quiser conhecer ela de perto, paga 30 bolivianos (18 reais), mas nem precisa, de baixo você já vê os cactos bem perto e consegue tirar boas fotos.

Roteiro para Uyuni

Nós optamos por não subir.

Depois seguimos para ver o pôr do sol em uma região linda do salar que ainda tinha água.

Não esperávamos e nem contávamos com isso, foi uma surpresa incrível do nosso guia e do nosso motorista. Não imaginávamos que ainda fosse possível ver esse fenômeno nessa época do ano, mas eles sabiam de um lugar que ainda estava alagado.

Foi um coquetel maravilhoso e tomamos um delicioso vinho, foi uma experiência única!

Roteiro para Uyuni

Voltamos para a cidade e o hotel era muito bom. Tinha WiFi e calefação, mesmo não sendo o pacote que pagamos.

Na hora do jantar, visitamos uma pizzaria e experimentamos uma pizza de carne de lhama, muito deliciosa. Recomendamos!

DIA 3

Tomamos café da manhã no hotel e saímos por volta de 8h.

A primeira parada foi no cemitério de trens.

Roteiro para Uyuni

Daí seguimos 1h de carro até o povoado de São Cristóvão, onde fizemos uma rápida parada.

De lá, foram mais 2 horas até a Ara Laguna, onde paramos para almoçar.

Roteiro para Uyuni

Estava ventando muito e, consequentemente, muito frio.

Almoçamos aqui, bife de lhama, com quinoa e salada. Tudo muito gostoso!

Depois seguimos até a Árvore de Pedra. Havia raposas bem mansas, esperando algum turista oferecer comida.

Roteiro para Uyuni

De lá seguimos para a Lagoa Vermelha, que é muito linda. Há flamingos bem distantes, mas adoramos a vista.

Roteiro para Uyuni

Chegamos na fronteira por volta de 17h30.

Esse dia foi muito corrido e cansativo, a maior parte do dia ficamos dentro do carro, nos deslocamentos, por isso recomendamos o roteiro de 4 dias.

Você vê outros lugares e ainda faz o passeio com menos correria, o que gera um melhor aproveitamento.

Roteiro para Uyuni
“Eu pareço uma piada para você, humana?”

Dicas Gerais de um roteiro para Uyuni sem perrengue


  • Contrate uma agência bem avaliada e preparada. Um motorista experiente é indispensável pois não há asfalto, rodovia, estrada, nada, apenas caminhos de terra no meio do nada. Os motoristas se guiam pelas montanhas e precisam ser muito bons.
  • Leve água. Mesmo o tour providenciando água, leve mais, o ambiente é muito seco e é melhor sobrar do que faltar. Indicamos um garrafão de 6 litros para cada pessoa e uma garrafa menor, para você ir reabastecendo.
  • Leve lenço umedecido ou papel higiênico. Todos lugares que paramos estavam limpos e com papel, mas algumas vezes você precisa parar no meio do nada mesmo, pois o próximo banheiro irá demorar algumas horas. Assim, melhor estar prevenido.
  • Leve muitos agasalhos, toca e luva. O frio, principalmente no inverno, é terrível. Não há árvores, prédios, então o vento gelado vai diretamente ao seu encontro. Assim, indicamos roupas térmicas e um casaco pesado por último.
  • Leve um lanche na mochila. Há paradas para comer, mas pode bater uma fome antes, então carregue algo com você.
  • Carregador portátil de bateria. O frio descarrega os eletrônicos muito fácil, ninguém quer ficar sem o celular ou câmera, então leve um powerbank com você.
  • Não subestime o sol. Mesmo com o frio, o sol queima muito. Não deixe de usar filtro solar e óculos escuro.
  • Não corra, respire. Durante todo passeio, você estará em uma altitude muito elevada. É normal ter cansaço, falta de ar e, algumas pessoas passam mal de verdade (enjoo, vômito, queda de pressão, etc). Assim, respire com calma e evite correr, você se cansará muito e terá muita falta de ar. Experiência própria rs.
  • Remédio para altitude. Como dissemos, o bicho pega para algumas pessoas e não há como saber antes se você vai passar mal ou não. É uma loteria e você só descobre quando chegar lá. Assim, leve folhas de coca ou remédios que são vendidos na região. Os guias normalmente tem também, mas indicamos levar, por via das dúvidas.
  • Bolivianos. Leve a moeda da Bolívia para gastos que você vai ter lá: entrada no parque, uso de banheiro, entrar na piscina termal e pode querer comprar alguma lembrancinha. Nós trocamos no Atacama, levamos 200 reais em bolivianos para cada e sobrou quase tudo. Gastamos pouquíssimo e deixamos o que sobrou de gorjeta para o guia e motorista.
  • Taxa de imigração na fronteira, voltando para o Atacama. Nos disseram que poderiam cobrar essa taxa que, no entanto, é ilegal. É propina. Só que, como as pessoas querem ir embora logo e não querem ficar brigando com a polícia da imigração, muita gente acaba pagando. Não nos cobraram, mas sei que acontece com algumas pessoas.
  • Seguro viagem. É muito importante em um roteiro para Uyuni, não recomendamos viajar sem ter um. É uma economia que pode te custar caro, caso precise de um! Nós recomendamos a Real Seguros, que tem excelentes preços, faça um orçamento sem compromisso clicando no link abaixo!
Roteiro para Uyuni

Bom, nós tínhamos muito medo de conhecer o salar de uyuni em razão das milhares de histórias que já havíamos escutado (por exemplo, gente vomitando e tendo dor de barriga o dia todo, carro atolado no meio do nada e sem ajuda ou sinal de celular, gente que foi abordada pelo exército boliviano, armado e querendo propina, entre outras).

Assim, em razão do medo mesmo, preferimos fazer um roteiro para Uyuni privativo, de modo a diminuir as chances de acontecer alguma coisa.

Claro, não há uma garantia absoluta, afinal tem perrengue que não dá para evitar (uma chuva que aparece do nada e alaga a região onde seria o passeio, por exemplo).

Do mesmo modo, tem pessoas que fizeram o tour econômico, nos refúgios e acharam bem tranquilo também.

Nós preferimos não arriscar e amamos o roteiro para Uyuni que escolhemos. Faríamos de novo, só que com mais tempo, para conhecer mais atrações e também visitar o resto da Bolívia, que tem outros lugares bem lindos.

Se seu orçamento permitir, indicamos muito o tour semi-nutella, você consegue desfrutar do roteiro para Uyuni com uma tranquilidade incomparável, vale muito a pena o investimento.

Mas se o preço ficar fora do seu orçamento, tudo bem, vá no refúgio mesmo, o importante é não deixar de conhecer esse lugar incrível!

Aliás, se você consegue fazer apenas o tour de 3 dias/2 noites, nosso guia nos explicou que não compensa o tour conforto total, pois os hotéis dessa categoria são muito longes, você perde muito tempo nos deslocamentos.

Assim, eles recomendam o tour nutella (conforto total) apenas para quem for fazer o roteiro para Uyuni de 4 dias/3 noites.

Bom, espero que tenham gostado do relato e, se surgir alguma dúvida, nos mande uma mensagem, teremos o maior prazer em ajudar.

Leia também sobre nosso roteiro para o Atacama, pode te ajudar muito na sua viagem! Clique aqui!

Para pesquisar hoteis na sua próxima viagem, clique aqui!

Roteiro para Uyuni

E se ainda não nos segue, visite nosso instagram: @hajaviagem

Deixe uma resposta