Santorini

ae2dc-gr25c325a9cia-16

Como falamos nos dois posts anteriores, sobre Atenas e Myconos, a Grécia é um daqueles destinos que irá roubar seus suspiros o tempo inteiro e, por isso, é muito procurado por quem quer um lugar paradisíaco para lua de mel.

Apesar de inúmeras ilhas lindas, optamos por conhecer apenas três cidades: Atenas, Myconos e Santorini.

Diferente das outras cidades que fomos, Santorini tem uma pegada mais romântica, que mexe com o coração até dos pouco sensíveis. É linda demais,  você retorna mais apaixonado para casa e doido para voltar para lá.

Vamos contar um pouco como foi nossa viagem e, assim, dar uma ajuda de como organizar seu roteiro para a Grécia.


Quando ir cropped-cropped-img_0429.jpg


Quando ir para a Grécia?

Se deseja sol e praia, vá de maio a outubro. Julho e agosto são meses que as ilhas lotam, em razão das férias europeias. Se for de outubro a abril, vai encontrar dias nublados, chuva e frio.

Fomos em Maio de 2016 e o clima estava perfeito. A noite fazia até um vento frio, aconselho levar um casaco leve na mala.

76da4-gr25c325a9cia-14


Como chegar em Santorinicropped-cropped-img_0429.jpg


Não há voos diretos do Brasil para Santorini, então para chegar lá você fará escala em alguma cidade da Europa e, possivelmente, passará por Atenas se estiver indo de avião.

Se estiver em uma ilha próxima, pode ir também de ferry, então tudo dependerá da ordem das cidades que você irá conhecer. Não existe uma regra pronta em relação a isso, nossa opção foi começar por Atenas, depois ir para Myconos e encerrar em Santorini.

Veja mais no tópico mais abaixo “como se locomover”.

Para aprender encontrar bons preços de passagens e promoções, leia o post “Como encontrar bons preços de passagens”!


Onde se hospedarcropped-cropped-img_0429.jpg


 

45af3-gr25c325a9cia-13

Onde se hospedar em Santorini?

Santorini surgiu a partir de uma erupção vulcânica, uma enorme cratera se formou e a água invadiu a ilha – é a famosa “caldeira”, onde se vê a vista mais maravilhosa da ilha. Importante salientar que inúmeras vilas tem vista para  caldeira, mas a mais famosa é Óia. É aí que está o pôr do sol mais famoso da Grécia e as principais fotos que você verá.

Em Santorini você tem como principais opções de hospedagens Fira (ou Thira) e Óia.

Fira é uma região mais central e barata, com diversos albergues, pousadas, vilas familiares e também luxuosos hotéis com vista para o mar.

Óia, sem sombra de dúvidas, é a vila mais charmosa de Santorini, com suas casas branquinhas e igrejas dos telhados azuis… É a mais visitada de Santorini e, consequentemente, a mais cara.

Se quiser economizar, fuja de Óia, pois os hotéis são realmente bem mais caros. No entanto, nós resolvemos economizar em Atenas e Myconos (onde nos hospedamos com diárias da Bancorbras) e investimos em uma boa hospedagem nessa região. Valeu cada centavo. Super recomendamos esta estratégia.

São opções bem avaliadas:

Em Thira:

  • Antonia Hotel Santorini – diária a partir de 150 reais
  • The Dahlia & Jasmine Collection by Angel Studios – diária a partir de 180 reais
  • Hotel Leta – diária a partir de 250 reais
  • Costa Marina Villas – diária a partir de 300 reais
  • Astro Palace Hotel and Suites – diária a partir de 700 reais
  • Celestia Grand – diária a partir de 3000 reais

Em Óia:

  • Oia’s Sunset Apartments – diária a partir de 400 reais
  • Laokasti Villas – diária a partir de 400 reais
  • Kima Villa – diária a partir de 950 reais
  • Filotera Suites – diária a partir de 2000 reais
  • Atrina Canava 1894 – diária a partir de 2000 reais
  • Katikies Hotel – diária a partir de 2500 reais

Nos hospedamos no Kyma Villas. QUE HOTEL!!! E nós que havíamos ficados apaixonados pelo hotel de Myconos, quisemos morrer quando vimos o novo hotel. UM SONHO! Fizemos questão de ficar hospedados em Óia (a pronúncia é Ía) e este hotel foi o melhor custo benefício que encontramos (com opção de vista para a caldeira do quarto, jacuzzi e piscina), valeu a pena demais. São pouquíssimos quartos, uns 6 acho, então o atendimento é super exclusivo e especial.

1ab1b-gr25c325a9cia-18
Café da manhã servido em uma mesinha de fora do quarto
f8473-dsc04594
Jacuzzi maravilhosa que ficava do lado de fora do quarto

Quanto tempo ficarcropped-cropped-img_0429.jpg


É sempre uma decisão muito pessoal e varia também conforme disponibilidade de tempo e bolso de cada um.

Sugerimos, no entanto, pelo menos três dias inteiros na ilha.


Como se locomover em Santorinicropped-cropped-img_0429.jpg


Como dissemos, chegamos em Santorini de ferry e, do porto até o hotel em Óia fomos de Táxi e pagamos 30 euros.

Alugamos um carro – um smart for two – apenas por um dia, para rodar pelas principais praias da região. O aluguel custou 45 euros e colocamos mais 10 euros de gasolina. Estava o mesmo preço de Thira, tínhamos feito a comparação.

6d9c3-gr25c325a9cia-19

Em Santorini não aconselho alugar moto ou quadriciclos, achei as ruas bem estreitas, os motoristas são mais audaciosos e seria, realmente, bem mais perigoso.

De regra, você nem precisa de carro, pois o transporte público funciona bem e, se optar por alugar, faça como a gente, apenas por um dia, para conhecer os lugares mais afastados.

Pagávamos 1,80 euros pelo ticket do ônibus.

f5e0d-gr25c325a9cia-21

Inclusive, na data de retornar, para não precisar pagar uma fortuna de táxi, pegamos um ônibus para Thira (custou 1,80 euros e demorou 25 minutos) e de lá outro ônibus para o aeroporto (1,60 euros e demorou 10 minutos). Foi uma excelente escolha! Converse com o pessoal da recepção do hotel, normalmente eles possuem um papel com os horários diários dos ônibus.

Ah e não repare se encontrar o motorista fumando rs.

Entre as ilhas:

Existem, basicamente, duas opções: os ferrys ou aviões.

Nós optamos por utilizar os dois. De Atenas para Myconos fomos de avião, de Myconos para Santorini de ferry e de Santorini para Atenas de avião.

Um site muito bom para pesquisar preços de voos internos é o Europe Low Cost.

Fechamos os voos do Brasil, após acompanhar diariamente os preços. O trecho de Atenas para Myconos pela Ryanair saiu 17 dólares por pessoa, mas não pode despachar bagagem, caso contrário tem uma taxa a mais (35 euros por mala). Durou 50 minutos.

Saimos para Santorini as 09h50 e foram quase 3 horas de viagem. Compramos o ticket também no Brasil, pelo Direct Ferries. O trecho saiu 78 euros – Ferry Seaboat Platinum. Optamos pela opção mais confortável, mas só inclui um bolinho grátis, o resto você precisa comprar. Foram quase 3 horas de viagem.

Para pesquisar os preços dos ferrys, indico os sites Direct Ferries,  Greek Ferries ou o Ferries in Greece.

De Santorini para Atenas pegamos um voo da Sky Express que custou 75 euros por pessoa.

Os voos podem ser pesquisados por meio dos sites, o nosso preferido é o Skyscanner por meio do qual você pode fazer uma comparação entre as várias empresas disponíveis na região.


O que visitar cropped-cropped-img_0429.jpg


1. Óia

É o vilarejo mais bonito de toda ilha. É onde vemos as famosas casinhas branquinhas, igrejas com cúpulas azuis e o mais famoso pôr do sol de toda Grécia. Como dissemos, se seu orçamento permitir, não deixe de se hospedar lá, vale a pena cada centavo investido.

Grécia-22

2. Thira

É a capital da ilha, uma região com muitos restaurantes, lojas e hotéis mais baratos. Recomendamos fazer as compras ai de lembranças de viagem.

3. Praias: praia vermelha, praia branca, Perigolos, Perivola.

Red Beach é linda, mas sem estrutura nenhuma (não tem cadeiras, bar, restaurante, nada), só resta contemplar a vista maravilhosa. De lá é possível ir para a White Beach, o acesso é só de barco e há vários oferecendo o passeio. Não fizemos, mas há várias pessoas que indicam.

Perigolos e Perivola são praias mais estruturadas, com preços justos (pratos a 8 euros, chopp a 4 euros, sendo que a cada 2 ganhava mais 1. Não cobram pelo uso do guarda sol e cadeiras).

Grécia-20

4. Passeio no vulcão.

Ouvimos algumas críticas em outros blogs, então não optamos por não fazer.


Restaurantes e Barescropped-cropped-img_0429.jpg


Comemos e bebemos muito bem. Os pratos gregos tradicionais são os mais baratos e todos deliciosos. Mesmo os mais chatinhos para comer (tipo eu rs) conseguem comer muito bem gastando em média 15 euros por refeição.

Temos as seguintes opções, através de análises feitas pelos usuários do TripAdvisor:

Restaurantes sofisticados:

  1. The Athenian House
  2. Kapari Wine Restaurant
  3. La Maison
  4. Sea Side by Notos
  5. Catch Bar – Restaurant

Restaurantes médios/populares:

  1. Anemoloos
  2. Falafeland
  3. Laokasti Restaurant
  4. Pito Gyros
  5. Terra Nera
  6. Obelix Psitopoleio*

*É um quiosque bem popular, com pratos beeeeem servidos que variam de 5 a 8 euros. Os atendentes são super simpáticos e atenciosos.

As cervejas gregas são uma delícia, nos mercados vocês conseguem preços melhores, menos de 2 euros cada. Vale a pena experimentar todas!


Segurançacropped-cropped-img_0429.jpg


Não presenciamos nenhum acontecimento que passasse uma sensação insegurança e em Santorini não vimos nem pedintes.

De todo jeito, é sempre importante ter cautela com os pertences pessoais.

20160529_132906.jpg

 


Idiomacropped-cropped-img_0429.jpg


Grego e inglês. Muito difícil aprender qualquer palavra em grego, então nos viramos só com o inglês mesmo. A maioria das pessoas entende ou se esforça para entender. Não tivemos problemas quanto a isso.


Moeda e Gastoscropped-cropped-img_0429.jpg


A moeda é o euro.

Na época que fomos, calculamos uma média de gastos de 70 euros por dia, por pessoa (fora hospedagem e transporte entre as cidades), mas acabamos gastando menos.


Chip de celular cropped-cropped-img_0429.jpg


Não compramos, mas se você é daqueles que não consegue ficar desconectado, indicamos a Easysim4you. É uma empresa maravilha, com cobertura em todo mundo. O chip chega bem rápido em sua casa! Nós já usamos e aprovamos!

Se tiver interesse, use o seguinte link, você não paga nada a mais por isso e nós recebemos uma pequena comissão! 🙂

https://www.easysim4u.com/?sourceCode=hajaviagem


Seguro viagemcropped-cropped-img_0429.jpg


O seguro viagem é obrigatório, embora não se tenha notícia de pedido de comprovação da sua contratação na alfândega. No entanto, melhor não arriscar, até para segurança e tranquilidade pessoal.

Grécia-15


O que levar de especialcropped-cropped-img_0429.jpg


Sempre viajamos com com mochila e acho que poderíamos ter levado menos coisas que levamos. 1 tênis, 1 chinelo e 1 rasteirinha mais arrumadinha são mais que suficientes para qualquer lugar. Se forem na mesma época que fomos (maio), basta levar roupas leves, vestidos, blusas e shorts, nada que ocupe muito espaço.

Mas atenção se forem no inverno, principalmente em janeiro e fevereiro, são os meses mais frios do ano, portanto será necessário levar agasalhos quentinhos.

eba60-gr25c325a9cia-17


Dicas Geraiscropped-cropped-img_0429.jpg


FUSO HORÁRIO:  (GMT+3). De Abril a Setembro são 6 horas a mais, de Março e Outubro são 5 horas a mais. De novembro e fevereiro são 4 horas a mais. 

Sofremos muito com o fuso, pois a diferença foi de 5 horas do Brasil, bem puxado e difícil para dormir. Usávamos um remédio para dar uma ajudinha no sono, pois como cada dia era muito intenso, precisávamos de boas noites de sono. Consulte seu médico e veja o que ele indica.

GORJETAS: Dávamos sempre, mas poucas moedas. Para o carregador da mala do hotel em Óia aconselho dar, nós levávamos só mochilas e o rapaz carregou tudo no maior sofrimento escadaria abaixo e acima (fiquei imaginando o sofrimento dele com hóspedes que carregam o guarda-roupa inteiro rs).

PREÇOS DE LEMBRANCINHAS: Deixe para comprar em Thira e os preços em média são: chaveiros: 2 a 5 euros, olho grego: a partir de 1 euro, camiseta: 10, 15 euros, moletom: 30, 35 euros, estatuetas: a partir de 10 euros.

20160526_201039.jpg


A Grécia realmente é um destino que nos marca muito, toda história que ela carrega, todas belezas e a simpatia da população nos deixaram muito encantados, com certeza voltaremos um dia.

Bom, acho que é isso. Qualquer dúvida, podem perguntar, teremos o maior prazer em ajudar no que eu pudermos.

8ef2f-img_2389

Deixe uma resposta